01/10/2018 - 14h27
RAVV promove “Um dia no parque”
Terceira edição do evento mobiliza 280 participantes


PMT
I015192.jpg
Um dia no Parque

O projeto “Um dia no parque” mobilizou cerca de 280 participantes numa visita monitorada ao Parque Estadual do Rio Doce (PERD), considerado o “pulmão” do Vale do Aço no último sábado (29). Esta foi a terceira edição da atividade realizada pela Rede Ambiental Verde Vida (RAVV), com o objetivo de integrar a comunidade escolar do entorno da reserva ambiental com o bioma Mata Atlântica e contribuir para a percepção de sua importância para a região do Vale do Aço. 

Segundo Jailma Soares, presidente da RAVV, “a ação foi destinada aos estudantes do 6º ao 9º ano, que tiveram a oportunidade de vivenciar a experiência de estarem na maior reserva de mata atlântica de Minas Gerais e participar das atividades lúdicas, desenvolvidas especialmente para tornar esta vivência transformadora, proporcionando muito aprendizado aos participantes”, comenta.

Nesta edição, escolas dos municípios de Bagre, Coronel Fabriciano, Ipatinga e Raul Soares visitaram o mirante, assistiram a uma apresentação sobre o PERD, interagiram com a exposição no centro de visitantes, participaram de duas trilhas interpretativas, de um mini trecking e do desafio ambiental. “Tudo isso foi realizado por meio da cooperação de instituições e voluntários do Vale do Aço que compõem a RAVV”, expõe Jailma Soares.

A ação “Um dia no parque” fez parte de um conjunto de iniciativas desenvolvidas em comemoração ao dia da Árvore a partir do dia 21 de setembro. 

O dia da Árvore

O Dia da Árvore é comemorado no Brasil em 21 de setembro e tem como objetivo principal a conscientização a respeito da preservação desse bem tão valioso. A data, que é diferente em outras partes do mundo, foi escolhida em razão do início da primavera, que começa no dia 23 de setembro no hemisfério Sul.

A árvore é um grande símbolo da natureza e é uma das mais importantes riquezas naturais do planeta. As diversas espécies arbóreas existentes são fundamentais para a vida na terra porque aumentam a umidade do ar, evitam erosões, produzem oxigênio, regulam a temperatura e fornecem sombra, abrigo e alimento. Importantes para a economia as árvores oferecem frutas, madeira, celulose, óleos e ativo utilizados em cosméticos, fármacos e muitos outros produtos.  

O Parque 

O Parque Estadual do Rio Doce está situado na porção sudoeste do Estado, a 248 km de Belo Horizonte, na região do Vale do Aço, inserido nos municípios de Marliéria, Dionísio e Timóteo.

A unidade de conservação abriga a maior floresta tropical de Minas, em seus 35.970 hectares e é a primeira unidade de conservação estadual criada em Minas Gerais. O Decreto Lei nº 1.119, que criou oficialmente o PERD, foi assinado 14 de julho de 1944.


Fonte : PMT




Galeria


VEJA TODOS COMENTÁRIOS


ATENÇÃO: Este comentário será moderado, podendo ser aprovado ou não. Evite palavras que posSAM comprometer sua imagem.

Nome:
Email:

Enviar